Informações

O Ecocardiograma Fetal

O Ecocardiograma fetal existe aproximadamente há 25 anos, mas ainda é pouco conhecido no Brasil. Ele permite analisar cada centímetro do coração e o melhor período para realizá-lo é com 24 semanas de gestação, quando o coração já está completamente formado e pode ser observado com nitidez.

O ideal seria todas as gestantes submeterem-se ao exame, porque a maioria das crianças com problemas cardíacos é originária de famílias sem nenhuma enfermidade. O exame pode ser solicitado por obstetras, ultrassonografistas, ou a pedido das gestantes. É especialmente indicado às gestantes que apresentam fatores de risco como uso exagerado de descongestionantes nasais, anti-inflamatórios, anti-depressivos à base de lítium, mães com doenças do coração ou cujos filhos apresentam o mesmo problema, idade materna, etc.

O exame é obrigatório para fetos suspeitos de serem portadores de síndromes cromosssômicas (Síndrome de Down, Síndrome de Edwards, etc.), ou que apresentem malformações em outras regiões do organismo, detectados ao exame de ultrassonografia.

As doenças do coração tratáveis na fase intra-uterina são as arritmias e algumas obstruções valvares severas. Porém, a maioria das malformações cardíacas são tratadas após o nascimento, com cirurgia ou não. É fundamental, contudo, detectá-las durante a gestação, tendo em vista a preparação do centro médico adequado para o atendimento imediato do recém-nascido.

Perguntas mais frequentes – Ecocardiograma Fetal

1.O que é um ecocardiograma fetal?
É uma ultrassonografia que permite avaliar detalhadamente o coração do feto, detectando desta forma alterações anatômicas, do ritmo cardíaco ou funcionais.
2.A ecografia é um exame prejudicial ao bebê?
Não. Por se tratar de um exame de ultrassom, não causa danos nem à mãe e nem ao feto.
3.Este exame necessita alguma preparação prévia?
Não há necessidade de qualquer preparo prévio.
4.A gestante pode entrar na sala de exame acompanhada?
Pode estar na presença de qualquer acompanhante.
5.Quem realiza o exame?
Preferencialmente o cárdio-pediatra com especialização em ecocardiografia pediátrica e fetal.
6.Por que é importante realizar o eco cardiograma fetal?
Porque a cardiopatia congênita é uma das malformações mais frequentes em recém-nascidos, e, quando isto ocorre, é necessária uma abordagem sobre o prognóstico e sobre o tratamento, quase sempre cirúrgico, preparando a melhor época para a cirurgia.
7.A eco cardiografia fetal é um exame obrigatório para a gestante?
É obrigatório em casos especiais como por exemplo: gestantes diabéticas, hipertensas,cardiopatas, com idade maior que 40 anos, que façam uso de medicamentos prejudiciais ao feto, com alterações no ultrassom, com alterações nos batimentos cardíacos fetais, ou sempre que o obstetra/ultrassonografista ache necessário.
8.Deve ser solicitado rotineiramente como exame complementar do ultrassom?
Sim, já que se trata de um exame minucioso do coração fetal, sem causar qualquer tipo de dano.
9.Quanto tempo demora o exame?
Em média 20 minutos.
10.O resultado sai na hora?
Imediatamente após o término do exame. 11.É necessário realizar mais de um exame?
Sim, quando o primeiro exame foi feito com menos de 24 semanas ou quando se detecta arritmia cardíaca fetal, além de alterações estruturais importantes.

O Ecocardiograma Pediátrico

O Ecocardiograma pediátrico é uma ecografia voltada ao estudo detalhado do coração, tanto no que tange ao aspecto anatômico, quanto na avaliação da função cardíaca, assim como na abordagem dos fluxos sanguíneos intra-cardíacos, trans-valvares e ao longo das artérias.

É um exame que deve ser realizado preferencialmente por cardiologista pediátrico com especialização em ecocardiografia pediátrica, mediante solicitação prévia do pediatra ou cárdio-pediatra. Este exame é indolor, durando cerca de 20 minutos, e não causa dano à criança. Os pais devem estar presentes para acompanhar o exame e participar das explicações necessárias, à medida que o mesmo transcorre. O resultado é entregue tão logo o término do exame.

Perguntas mais frequentes – Ecocardiograma Pediátrico

1.O que é um ecocardiograma pediátrico?
É um exame de ultrassom que permite avaliar detalhadamente o coração e seus vasos, tanto na estrutura quanto na função, além de permitir o estudo dos fluxos sanguíneos através do doppler e color, afastando ou confirmando, desta forma , problemas cardíacos congênitos ou adquiridos.
2.Este exame é prejudicial à saúde da criança?
Não. Por se tratar de uma ultrassonografia, não causa dano à criança.
3.É necessário algum tipo de preparo prévio ao exame?
Não.
4.É necessário sedar a criança?
Na grande maioria dos casos, não. Apenas em raros casos, onde a criança fica muito agitada durante o exame (geralmente entre 1 e 2 anos de idade). Não se deve sedar bebês com menos de 6 meses.
5.A criança deve entrar na sala de exame acompanhada?
Sempre na presença dos pais ou responsáveis.
6.Quem realiza este exame?
Preferencialmente um Cárdio-pediatra com especialização em Ecocardiografia Pediátrica.
7.Quando se deve solicitar este exame?
Em casos aonde o pediatra ausculta sopro no coração da criança, na avaliação do risco cirúrgico, em crianças com dor no peito, cansaço aos esforços, palpitações, alterações genéticas, febre prolongada sem causa definida, arritmias cardíacas, etc.
8.Quanto tempo dura o exame?
Cerca de 20 minutos.
9.O resultado do exame é emitido na hora?
Sim. Imediatamente após o término do exame.
10.É necessário repetir o exame?
Sim, em casos aonde hajam alterações detectadas no exame anterior, a critério do cárdio-pediatra que acompanha o paciente.
11.O eco cardiograma pediátrico detecta todos os problemas cardíacos?
Sim. Quando realizado por profissional especializado em crianças, aliado a um bom e moderno aparelho, dificilmente ocorre falha diagnóstica.